Abriu a porteira: Vitória goleia o Castelo e se garante na próxima fase do Capixabão

Vindo de um bom resultado contra o Serra, o Vitória venceu o Castelo fora de casa. O lanterna da competição não ofereceu grandes perigos ao gol de Edmar, que fez sua segunda partida como titular da equipe.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, com assistência de Deivison, Thiago marcou. O camisa 7 precisou ser substituído logo após o gol, com dores no joelho. Willian foi escolhido para substituí-lo. Ainda na primeira etapa, a bola sobrou na área para Baiano e ele não desperdiçou. Aos 20 minutos, o Vitória vencia por 2 a 0.

Apesar do sol escaldante no Emílio Nemer, o Vitória não diminuiu o ritmo. Aos 41 minutos, Cássio fez um belo gol e comemorou com a torcida. O lateral ainda marcou o quarto gol da equipe, aos 25 minutos do segundo tempo.

– Foi uma boa partida, nos impomos fora de casa. Graças a Deus faço muitos gols, ajudo a equipe – disse Cássio sobre sua contribuição com gols.

Assim como foi contra o Serra, o Vitória também não tomou gol do Castelo. A segunda partida sem sofrer gol coroa belíssimas atuações da defesa. O Vitória é o segundo time com menos gols sofridos, apenas quatro em sete partidas. Líder dentro e fora de campo, Ferrugem falou sobre a boa campanha da equipe.

– A gente jogou com cautela e inteligência. A equipe do Castelo é bem desorganizada, por isso, tentamos manter o Vitória organizado, conseguimos. Saímos com um resultado positivo, desde o Edmar até o ataque, a equipe está de parabéns – declarou o zagueiro Ferrugem.

Na quarta-feira, o Vitória enfrenta o líder Real Noroeste, que neste sábado empatou com o Tupy. Caso o Alvianil vença o time de Águia Branca, se torna líder da competição.

Martinelli no comando

Em pouco mais de seis meses, Wesley Martinelli enfrentou o Castelo em duas oportunidades. Foram duas vitórias, mas isso é apenas um detalhe. Pela quinta rodada da Copa Espírito Santo 2018, o preparador físico Wesley Martinelli tinha o dever de comandar a equipe após a saída de Orlando Da Hora. Venceu.

Campeão da primeira e única competição que disputou como treinador, voltou ao seu cargo inicial. Após a saída de mais um técnico, Wesley Martinelli novamente assumiu a equipe. Ao todo, são 13 partidas no comando, um título e apenas uma derrota.

– Trabalhei com dois treinadores diferentes, agreguei o trabalho da Copa Espírito Santo com o trabalho do Cláudio. Houve uma grande evolução – disse o técnico do Vitória.

Na primeira partida contra o Castelo, Wesley tentava conquistar uma vaga na próxima fase da Copa Espírito Santo. Ontem, classificou a equipe para as quartas de final do Capixabão. 

Torcida
Destaque para os torcedores que saíram de Bento Ferreira para apoiar a equipe em Castelo. Cerca de 150 quilômetros percorridos para ver o time do coração. Valeu a pena. No fim, a equipe agradeceu a força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!