Hercules desencanta, Vitória bate o São Mateus e mantém chance de classificação para as semifinais

Triunfo deixa o Alvianil vivo no Capixabão, mas dependendo de uma combinação de resultados para avançar

São Mateus - ES     04/03/2018

Por Wagner Chaló - Assessoria de imprensa e comunicação

O Vitória entrou no gramado do estádio Sernamby, em São Mateus, precisando vencer os donos da casa para continuar com chances de classificação para as semifinais do Capixabão 2018. Em uma partida bastante disputada e sob forte calor, a Águia Azul bateu o PitBull, por 2 a 0 e, contando com tropeços dos rivais, chaga na última rodada ainda em condições de avançar de fase. Após um primeiro tempo zerado, Baiano e Hercules balançaram as redes no segundo tempo e marcaram os gols do time Alvianil.

Precisando vencer para se manter vivo no Capixabão, Flávio Annunziata colocou o Vitória bem ofensivo em campo, com Baiano fazendo companhia a Hercules e Wilker, que voltava de suspensão, no ataque. E a mudança deu resultado. Desde o início de jogo o Vitória foi mais incisivo no setor ofensivo. Após a parada para hidratação do primeiro tempo, a Águia Azul criou três boas chances, uma com Baiano e duas com Hercules. Mádisson ainda acertou a trave de Merivaldo, aos 38. Na principal chance de gol do São Mateus, Gerlem Willian driblou Victor Coutinho, passou por Wesley e tocou para o gol, mas o goleiro Alvianil conseguiu se recuperar e tirou a bola em cima da linha, em uma recuperação fantástica.

Logo aos dois minutos do segundo tempo, Léo Alves roubou a bola na defesa e acionou Mádisson. O meia tocou para Baiano, que girou de primeira e abriu o placar no Sernamby. O gol fez com que o São Mateus saísse mais para o jogo, deixando espaços para o Vitória no contra-atacar. Aos 30 minutos Baiano cruzou para a área e encontrou Hercules, que de cabeça, desviou e fechou o placar. No fim, Thiago Keller, recuperado de lesão no tornozelo direito, atuou por alguns minutos, dando à comissão técnica mais uma opção nessa reta final de Capixabão.

O Vitória se manteve na sétima colocação após o fim da rodada, ainda com chances de se classificar para as semifinais. Para avançar, o Alvianil precisa vencer o clássico contra a Desportiva, no próximo sábado e torcer para que dois desses resultados aconteçam: empate ou derrota de Atlético Itapemirim (joga fora de casa contra o Real Noroeste), Espírito Santo (joga no Kleber Andrade contra o São Mateus) e Rio Branco VN (joga em casa contra o Tupy).

Flávio Annunziata falou após o jogo que utilizou o esquema com três atacantes, pois precisava vencer a partida. O treinador contou que o enredo foi semelhante ao do jogo contra o Rio Branco VN, onde o Vitória criou muitas chances, mas não marcou. Ele explica que após a conversa no intervalo, o time se motivou ainda mais e chegou aos gols desse importante triunfo. Annunziata se disse muito feliz pelo resultado e agora diz só pensar no clássico contra a Desportiva, que irá definir os rumos da Águia Azul no Capixabão 2018.

"A gente veio aqui com a proposta de ganhar, num 4-3-3, jogando com Wilker, Hercules e Baiano. A gente veio aqui com ousadia. Fizemos um excelente primeiro tempo, mas demos uma bobeira onde eles tiveram uma chance boa, mas em compensação perdemos vários gols no primeiro tempo. Foi a mesma tônica lá do jogo em Venda Nova, onde jogamos um excelente primeiro tempo, mas a bola não estava entrando. Hoje nós conversamos no intervalo, motivamos ainda mais os jogadores, os repsicionamos e, graças a Deus, fizemos os dois gols da vitória. O time se portou muito bem. Não levamos praticamente susto nenhum. O segundo tempo foi tenso, mas porque todo jogo é tenso, ainda mais que o treinador fica de fora, mas o Victor não precisou trabalhar muito. Estou muito feliz, nós precisávamos dessa vitória, para dar uma levantada no ânimo. Agora é pensar no jogo contra a Desportiva."

O Vitória ocupa a setima posição, com 11 pontos ganhos e volta a campo no próximo sábado, às 15, no Salvador Costa, para o clássico contra a Desportiva, pela nona e última rodada do Capixabão 2018.

Vitória: Victor Coutinho, Luan, Wesley, Léo Alves e Ayrton; David, Ramon e Mádisson (Anderson); Baiano (Thiago Keller), Wilker (Marcus Bastos) e Hercules.

São Mateus: Merivaldo, Pigmeu, Fabiano, Anderson Tchen-Tchen e William; (Bombom) Rincon, Bismark, Jonata Pé de Pato, Erivelton e Gerlem William (Giulit Capixaba); Júlio César.


Fale conosco ou venha nos visitar



Estádio Salvador Venâncio da Costa
\Av. Joubert de Barros, 333 Bento Ferreira
Vitória – ES - CEP 29050-720

Fundado em 01 de outubro de 1912
SEDE PROPRIA: Estádio Salvador Venâncio da Costa
Av. Joubert de Barros, 333 – CEP 29050-720 Bento Ferreira - Vitória – ES
Todos os direitos reservados ao Vitória F.C. | 2016/2017
FBrandão Agência Web