Vitória sofre gol no fim e empata no Araripe

Em clássico eletrizante, Águia Azul fica à frente do placar por duas vezes, mas empata com a Desportiva, em 3 a 3. O resultado, porém, mantém o Vitória na briga pela classificação na Copa ES

Estádio Engenheiro Araripe, Cariacica-ES     02/09/2017

Henrique Montovanelli - Assessoria de Imprensa e Comunicação

 

Quem foi ao estádio Engenheiro Araripe ou assistiu à transmissão da TV Alvianil não vai esquecer o clássico deste sábado. Brigando pela classificação na Chave B da Copa Espírito Santo, Vitória e Desportiva Ferroviária fizeram uma bela partida, com muita bola na rede. A Águia Azul esteve à frente do placar por duas vezes, mas sofreu o empate no fim. A Águia Azul, porém, segue firme na briga por uma vaga na semifinal da Copa Espírito Santo, com o empate em 3 a 3.

Todos os gols saíram na etapa final. O time grená abriu o placar, com o zagueiro Rodrigo Lacraia, de cabeça, aproveitando escanteio. Com uma ótima atuação e as entradas providenciais dos atacantes Hercules e Wilker, o Vitória reagiu e virou. Saiu dos pés dos dois o gol de empate, quando Wilker cruzou rasteiro e Hercules aproveitou. Em seguida, Wilker recebeu cruzamento de Ayrton pela esquerda e fez o primeiro gol dele com a camisa do Vitória. 

O quarto e o quinto gols do clássico saíram de pênalti. Depois de um escanteio, o árbitro Felipe Varejão viu falta de Ramon dentro da área, alegando que o volante alvianil teria puxando um atleta grená. Edinho converteu e empatou a partida. A Águia Azul voltou a ficar à frente do placar aos 43 minutos, novamente com o artilheiro Hercules, cobrando pênalti sofrido por ele mesmo, com perfeição, no ângulo. Depois do gol, iniciou-se uma confusão entre os jogadores das duas equipes, que resultou nas expulsões do goleiro Felipe, da Desportiva, e do atacante alvianil David Dener. A vitória alvianil, porém, escapou no final. Aos 48 minutos, o goleiro Fernando Subtil afastou a bola, após cobrança de escanteio, mas Thiago acertou um chute de rara felicidade, de fora da área, no canto direito do goleiro alvianil.

"Fico feliz de ajudar a equipe mais uma vez, fazendo gols. Infelizmente, nós deixamos a vitória escapar no fim, mas nosso time jogou muito bem hoje e estamos fortes na briga pela classificação. Nosso time está de parabéns. Temos um confronto direto contra o Atlético Itapemirim, agora é fazer a nossa parte e vencer os jogos", afirma Hercules, artilheiro do jogo. 

Para classificar, a Águia Azul precisa vencer as três partidas que restam, já que ocupa a terceira colocação da Chave B, com sete pontos, três atrás do Atlético Itapemirim, adversário do próximo domingo de manhã, em Itapemirim. Antes, porém, o Vitória enfrenta o Sport Linharense, no feriado de quinta-feira (07), às 15h, no estádio Salvador Costa. Se o Vitória vencer as três partidas e o Atlético Itapemirim somar mais seis pontos, entram em campo os critérios de desempate.

VITÓRIA: Fernando Subtil; Fabinho Capixaba, Léo Alves, Wesley e Ayrton; Caio Camelo (Hercules), Ramon, Mádisson e Carlos Vitor (Marco Antônio); Thalis (Wilker) e David Dener. Técnico: Wagner Nascimento 

DESPORTIVA: Felipe; Sorriso, Rodrigo Lacraia, David e Erick Daltro; Vinicinho, Thiago, Zizu (Edgar) e Edinho; Madison (Teco) e Diego Neves (João Vitor). Técnico: Rafael Soriano.

Foto: Henrique Montovanelli/VitóriaFC


Fale conosco ou venha nos visitar



Estádio Salvador Venâncio da Costa
\Av. Joubert de Barros, 333 Bento Ferreira
Vitória – ES - CEP 29050-720

Fundado em 01 de outubro de 1912
SEDE PROPRIA: Estádio Salvador Venâncio da Costa
Av. Joubert de Barros, 333 – CEP 29050-720 Bento Ferreira - Vitória – ES
Todos os direitos reservados ao Vitória F.C. | 2016/2017
FBrandão Agência Web